SUPER FM - A rádio que vive o vale

Jogo de empurra-empurra

  Jabson Alexandre      domingo, 20 março 2016     

A rodovia SC 409 que liga o município de Canelinha á Brusque vive um verdadeiro estado de abandono por parte do governo de Santa Catarina, que é o responsável por esta via pública. Como a estrada não é pavimentada, a mesma necessita de uma constante manutenção, pois, as chuvas acabam provocando muitos buracos, dificultando em […]

A rodovia SC 409 que liga o município de Canelinha á Brusque vive um verdadeiro estado de abandono por parte do governo de Santa Catarina, que é o responsável por esta via pública. Como a estrada não é pavimentada, a mesma necessita de uma constante manutenção, pois, as chuvas acabam provocando muitos buracos, dificultando em especial o trânsito de veículos. As canaletas que ficam as margens da via e que servem para escoar as águas vivem obstruídas, colaborando assim com a erosão da pista. O mato em alguns pontos avança sobre a estrada, dificultando até mesmo a visão dos motoristas.

Devido ao descaso e cansado de tantas promessas, o município de Canelinha se vê obrigado a realizar um trabalho que não lhe compete, disponibilizando máquinas e funcionários, sem falar, no gasto com o combustível dos equipamentos que a prefeitura tem que arcar para manter a via transitável. O assunto foi tema de discussão na Câmara de vereadores da cidade no último dia 15, onde os edis teceram duras críticas ao governo de Raimundo Colombo. Os vereadores lembraram que em 2004 o governo estadual já tentou sem sucesso municipalizar a rodovia através de um decreto, e assim,  se livrar da responsabilidade e empurrar o problema para Canelinha.

O caso na terra das cerâmicas é só um exemplo da inoperância, incompetência e da falta de gestão do atual governo estadual que não consegue atender as necessidades mais básicas de Santa Catarina, como neste caso, a manutenção das rodovias. Outra amostra do desgoverno de Colombo é segurança pública. Muitos municípios estão tendo de criar guardas municipais, gastando recursos que já são escassos e que depois faltam para atender outras áreas. De tudo que é arrecadado com impostos no país, a menor fatia fica com os municípios, que só por isso, já não conseguem atender as suas demandas, imagina agora também ter que arcar com responsabilidades que não são suas.

O povo clama por uma solução para o problema da SC 409, que no caso, seria a pavimentação completa da mesma. É preciso que o governo do estado pare logo com este jogo de empurra-empurra e assuma logo as suas responsabilidades. Afinal, o contribuinte não tem a opção de jogar para os outros os seus compromissos, mas tem o direito de receber por aquilo que paga com seus impostos.