SUPER FM - A rádio que vive o vale

Calçadistas querem revisão da taxa da Cosip

Redação  Redação      sexta-feira, 9 março 2018      EM: ECONOMIA - ECONOMIA  

O aumento na taxa da Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip) imposto pela Prefeitura de São João Batista pesou sobre a indústria calçadista, e foi assunto de uma reunião na manhã desta sexta-feira (09), com o prefeito em exercício Pedro Alfredo Ramos, o Pedroca, e empresários. Reajuste que foi aprovado no […]

O aumento na taxa da Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip) imposto pela Prefeitura de São João Batista pesou sobre a indústria calçadista, e foi assunto de uma reunião na manhã desta sexta-feira (09), com o prefeito em exercício Pedro Alfredo Ramos, o Pedroca, e empresários. Reajuste que foi aprovado no ano passado onerou a indústria em até 1000%.

Participaram da reunião além do prefeito em exercício, o prefeito em férias, Daniel Cândido, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Plácido Vargas, presidente do Sindicato das Indústrias Calçadistas de São João Batista (Sincasjb), Almir dos Santos, os vereadores Fábio Norberto Stummer, Heriberto Eurides de Souza e empresários. Objetivos do setor industrial é negociar com a Prefeitura mudanças na cobrança, já que o setor sente os efeitos negativos do aumento.

Durante a reunião a Administração Municipal apresentou proposta revendo o escalonamento da cobrança da Cosip. A proposta será apresentada aos empresários em reunião agenda para a próxima semana. De acordo com os representantes do Sincasjb, na reunião com o prefeito Pedroca, foi possível estabelecer diálogo com o setor público e informar a posição do empresariado. O encontro foi considerado positivo.

O aumento na taxa de iluminação pública foi enviado para Câmara pela Prefeitura em agosto de 2017. O setor mais atingido pelo escalonamento do aumento foi à indústria de calçados. Uma das empresas associada ao sindicato pagava R$ 75,87 em dezembro de 2017 e a taxa passou para R$ 819,46 representando um aumento de 1.080%. A Contribuição para Custeio de Serviço de Iluminação Pública (Cosip) é cobrada de proprietário de imóveis urbanos e rurais, que estejam ligados à rede elétrica e é responsabilidade da Prefeitura Municipal.