SUPER FM - A rádio que vive o vale

Brusque empata com Tubarão em SJB

Juliano César  Juliano César      quinta-feira, 11 outubro 2018      EM: COPA SC - ESPORTE  

O primeiro jogo do Bruscão em São João Batista terminou com um empate diante do Tubarão. Na noite de quarta-feira, 10, as equipes empataram em 1 a 1 no Estádio Valério Gomes Neto, na Capital Catarinense do Calçado. O jogo foi válido pela primeira rodada do returno da Copa SC. Safira, para o Bruscão, e […]

O primeiro jogo do Bruscão em São João Batista terminou com um empate diante do Tubarão. Na noite de quarta-feira, 10, as equipes empataram em 1 a 1 no Estádio Valério Gomes Neto, na Capital Catarinense do Calçado. O jogo foi válido pela primeira rodada do returno da Copa SC. Safira, para o Bruscão, e Edno, para o Peixe, marcaram os gols, ainda no primeiro tempo de partida.
O Brusque pareceu se acostumar rapidamente com a casa nova e mostrou um futebol envolvente que confundiu totalmente a marcação do Tubarão nos primeiros minutos de jogo.
Antes de o duelo começar, a equipe entrou com uma faixa em homenagem ao pequeno batistense Lucas, 11 anos. Ele faleceu na última segunda-feira vítima de uma bactéria, situação que comoveu a comunidade de São João Batista.
Quando a bola rolou, o Brusque dominou os 45 minutos iniciais de jogo, apesar de não ter conseguido ir para o intervalo em vantagem.
O primeiro gol do Brusque surgiu logo aos cinco minutos. Não demorou para o bom público que prestigiou a primeira partida da equipe na cidade comemorar.
Jefferson Renan finalizou cruzado pela direita, o goleiro Ramon deu rebote e, na continuidade da jogada, Safira mandou para as redes: 1 a 0.
E era justamente pelo lado onde foi criado o primeiro gol que o Brusque levava vantagem. Com Renan ganhando todas da marcação, o time tinha facilidade na criação. Mas pecava muito nos arremates.
O domínio do Brusque era tanto que antes dos 15 minutos a equipe já tinha colocado duas bolas na trave. Tiago Pará, novidade no esquema de Pingo na vaga de Luizinho, formando o setor de ataque junto com Weverton e Jefferson Renan, também perdeu uma ótima oportunidade. Depois, o jogador fez linda finta e deu passe açucarado para Jefferson Renan, mas o atleta tentou o drible cara a cara com o goleiro Ramon e acabou desarmado.
O castigo veio aos 43 minutos. O Tubarão, que só havia chego com perigo uma vez, empatou o jogo após Edno aproveitar cobrança de escanteio para dominar e finalizar sem chances para Dida: 1 a 1.
Segundo Tempo
Na etapa final, o Tubarão voltou melhor e tentou pressionar o Brusque que teve dificuldades nos minutos iniciais do segundo tempo. O time do Sul do Estado tinha mais posse de bola, mas criava poucas chances efetivas, enquanto o Brusque também chegava pouco a meta de Ramon. Uma das exceções foi a tentativa de voleio de Mineiro, que por pouco não marcou um golaço. A bola passou sobre o gol.
Tanto a equipe da casa como a visitante foram buscar opções no banco para tentar a vitória. Em uma das substituições do Tubarão, Fio saiu para a entrada de Batista no ataque. Já em outra o meia Assis deu lugar ao atacante Everton Batista.
No Brusque, Pingo trocou Safira por Jefferson Renan e depois Mineiro por Eurico, mas as mudanças em ambos os times pouco fizeram efeito e o jogo se arrastou para o empate em 1 a 1.
O empate manteve o Brusque na liderança do grupo B da Copa SC, agora com 13 pontos, um a mais que o Tubarão que tem 12. Logo atrás vem o Marcílio Dias, com 11 pontos.
O Bruscão volta a jogar agora no próximo domingo quando enfrenta o Inter de Lages, fora de casa.

Informações e Foto: BFC