SUPER FM - A rádio que vive o vale

8ª Peregrinação Caminhos de Santa Paulina percorrerá interior

Redação  Redação      sexta-feira, 8 junho 2018      EM: NOVA TRENTO - NOTÍCIAS  

A 8ª Peregrinação “Caminhos de Santa Paulina” acontece no dia 9 de junho, serão 300 caminhantes e 60 voluntários vindos de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e 24 cidades de Santa Catarina. Os peregrinos irão percorrer aproximadamente 30Km pelo interior de Nova Trento/SC Realizada desde 2010, a peregrinação tem início às 6h com […]

A 8ª Peregrinação “Caminhos de Santa Paulina” acontece no dia 9 de junho, serão 300 caminhantes e 60 voluntários vindos de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e 24 cidades de Santa Catarina. Os peregrinos irão percorrer aproximadamente 30Km pelo interior de Nova Trento/SC

Realizada desde 2010, a peregrinação tem início às 6h com a celebração do envio na Igreja Matriz da Paróquia São Virgílio e encerramento no Santuário Santa Paulina, às 18h. Ao longo do dia, capelas e oratórios fazem parte do percurso no interior da cidade. Em comunhão com o ano laicato o tema “Santa Paulina: Sal da terra e Luz para o mundo” tem o objetivo de proporcionar a oração e provocar a reflexão sobre o protagonismo cristão dos caminhantes.

A estudante de São João Batista, Luana Montibeller, 19 anos, já participou de três edições da Peregrinação “Caminhos de Santa Paulina”, este ano será a quarta vez. “É um dia muito especial, ficamos a maior parte em contato com a natureza e passamos por várias Capelas e, a alegria e satisfação de chegar até o Santuário é muito gratificante!” conta a estudante de Economia.

O evento é organizado pelo Santuário Santa Paulina em parceria com a Prefeitura Municipal de Nova Trento, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura e da Paróquia São Virgílio. A diretora do Santuário Santa Paulina, Ir. Anna Tomelin, ressalta: “Os preparativos para a caminhada estão sendo finalizados. As coordenações das Capelas e os voluntários já estão preparados para colher e servir os caminhantes. Como nos anos anteriores, convidamos as famílias para enfeitar as frentes das casas, e também a acolhida aos peregrinos das diversas cidades”.