SUPER FM - A rádio que vive o vale

Após viagem, ciclista descobre que não estava inscrito em competição

Redação  Redação      terça-feira, 11 setembro 2018      EM: TIJUCAS - CIDADE  

Em meio a disputas por medalhas e troféus, os Jogos Abertos de Santa Catarina também reservam histórias curiosas. É o caso de Hener Martins Painelli, de 56 anos, morador de Tijucas. Depois de seis horas de viagem de ônibus, com uma bicicleta na bagagem, ele chegou a Caçador e soube que sua inscrição na prova […]

Em meio a disputas por medalhas e troféus, os Jogos Abertos de Santa Catarina também reservam histórias curiosas. É o caso de Hener Martins Painelli, de 56 anos, morador de Tijucas. Depois de seis horas de viagem de ônibus, com uma bicicleta na bagagem, ele chegou a Caçador e soube que sua inscrição na prova de ciclismo de estrada não deu certo.

Hener era o único ciclista de Tijucas nessa edição dos Jasc. Para viajar a Caçador preciso recorrer ao patrocínio de amigos e ainda se desentendeu com a esposa em casa. Mal sabia ele que teria que antecipar a viagem de volta.

Logo na chegada ao município sede dos 58º Jasc, ainda na madrugada deste sábado (8) teve a primeira surpresa. O hotel reservado a ele não existe mais. O ciclista dormiu no corredor de um alojamento até que pudesse conversar com a comissão técnica do evento. Ao ter a confirmação de que realmente não poderia participar da prova, o atleta tijucano não  escondeu a frustração, porém sem mágoa.

“Seria importante participar de uma corrida desse nível. Vinha me preparando o ano todo, mas são coisas que acontecem. Não culpo ninguém. Estou voltando pra casa mais cedo com a certeza que no próximo ano estarei nos Jasc”, disse.

Ao tratar a situação com bom humor, Hener terminou o dia contando história nos bastidores dos Jasc. Em Tijucas, ele trabalha como professor de educação física e compete em provas regionais de ciclismo.

“Tenho metas de ser campeão catarinense e brasileiro na minha categoria, mas a principal mensagem que quero passar é que o esporte é vida, não tem idade e não tem limite”, finaliza Hener.