SUPER FM - A rádio que vive o vale

Duas escolas têm água imprópria para consumo

Juliano César  Juliano César      quarta-feira, 8 agosto 2018      EM: NOVA TRENTO - CIDADE  

O Samae – Serviço Municipal de Água e Esgoto – de Nova Trento divulgou os resultados das análises de água bruta, que coletou no mês de junho, em 18 pontos do município. E os resultados são preocupantes. Dos 18 pontos de água, 16 estão impróprios para consumo humano, entre eles da Escola Municipal Aguti e […]

O Samae – Serviço Municipal de Água e Esgoto – de Nova Trento divulgou os resultados das análises de água bruta, que coletou no mês de junho, em 18 pontos do município. E os resultados são preocupantes. Dos 18 pontos de água, 16 estão impróprios para consumo humano, entre eles da Escola Municipal Aguti e Escola Municipal Padre José da Poian, no Salto. No Aguti estudam 114 alunos e no Salto 45.

A autarquia fará a entrega dos relatórios aos moradores destas localidades, para que eles tenham ciência da importância de se ter uma água potável e de qualidade. Além disso, o Samae enviou uma cópia das análises para a Secretaria Municipal da Saúde, que já contatou a Vigilância Epidemiológica, para as devidas providências.

Entre as ações, os moradores que se abastecem de redes alternativas devem procurar a Secretaria de Saúde, que vai doar um kit de produtos químicos, especialmente cloro, para aplicá-lo nas caixas de água que se destinam ao consumo humano. “Assim que o Samae nos avisou, já providenciamos ações sobre este assunto”, destaca o secretário Maxiliano de Oliveira, o Max. Ele completa de que a situação está controlada e de que não há mais dificuldades. 

Ouça o secretário de Saúde

Sobre as Fontes

As 16 fontes de água alternativas, que não estão em conformidade com a Portaria 2914 do Ministério da Saúde, e que  apresentam coliformes totais acima do limite de quantificação são:

Rede alternativa Rua José Erbs

Rede alternativa Rua Antonio Sgrott

Rede alternativa Rua Tijucas, Mato Queimado

Rede alternativa Rua Tijucas, alto Mato Queimado

Rua Geral Ribeirão Bilu, Ribeirão Bilu

Rede alternativa Rua Florianópolis, Ponta Fina Norte

Rede alternativa Rua Felipe Schimdt, Ponta Fina Sul

Rede alternativa Rua Alberto Bertotti, Velha

Fonte Rua Independência, Vasca

Rede alternativa Rua Ademar Sdrigotti

Escola M.E.B. Padre José da Poian, Baixo Salto

Gruta da Biquinha, Rua José Battisti Archer, São Roque

Gruta 1 Rua Hipolito Boiteux, Cascata

Rede alternativa Rua Felisbino José Peixe, Indaiá

Gruta 2 Rua Hipólito Boiteux, Cascata

Escola M.E.B Aguti, Distrito de Aguti

Fontes Potáveis

As duas fontes que estão em conformidade à Portaria 2914 do Ministério da Saúde são: Fonte Moisés, Morro da Cruz e Gruta Rua Bepe Darós, bairro Velha.

Escolas têm filtros

Em contato com o secretário de Educação, Luiz Carlos Orsi – na noite de terça-feira – ele disse a reportagem, de que não tinha conhecimento sobre o assunto. “Me causa surpresa que o Samae não nos avisou. “Fiquei sabendo pela imprensa. Mas vamos, a partir de agora, nos informar mais e tomar providências”, destaca.

Orsi informou que as duas escolas – Aguti e Salto – possuem filtros. “Agora resta saber se o teste foi feito antes ou depois do filtro”, questiona.

Ouça o secretário de Educação

No caso do distrito, a água bruta é capitada não somente para a escola, bem como a Unidade de Saúde, a Capela São Paulo e mais 16 residências.

Samae

A reportagem entrou em contato com o diretor do Serviço Municipal de Água e Esgoto de Nova Trento, Ivã Alessandro Franzoi, mas ainda não houve retorno.

Riscos para a saúde

Escherichia Coli é um grupo de bactérias que habitam normalmente no intestino humano e de alguns animais, no entanto, nem todas E. Coli são inofensivas. Certos tipos são nocivos e causam uma gastroenterite com intensa diarreia com muco, semelhante ao catarro ou sangue, ou uma infecção urinária.

Os sintomas da infecção surgem, geralmente, de 5 a 7 horas após a entrada dessa bactéria no sistema digestório e são: diarreia forte, com muco ou sangue; intensa dor de estômago; vômito e febre baixa de até 38,5ºC.

Em alguns indivíduos, pode levar a complicações mais graves, como um súbito comprometimento renal, que pode causar uma lesão renal permanente. Mas, na maioria dos casos, a E. Coli causa somente uma leve gastroenterite que passa em menos de 1 semana.

A transmissão dessa bactéria ocorre através da água ou alimentos contaminados, ou através do contato com as fezes da pessoa contaminada, e por isso é de fácil transmissão especialmente entre as crianças, na escola ou na creche. 

Alguns exemplos de doenças que podem ser causadas pela contaminação com a E. Coli são: gastroenterite, quando afeta o intestino; infecção urinária, quando chega na uretra ou bexiga; pielonefrite, quando afeta os rins depois de uma infecção urinária; apendicite, quando afeta o apêndice do intestino; meningite, quando chega no sistema nervoso; septcemia, quando se espalha pelo sangue em todo corpo. A infecção urinária geralmente é causada pela E. Coli.