SUPER FM - A rádio que vive o vale

Problemas em obras geram transtornos

Redação  Redação      segunda-feira, 9 julho 2018      EM: TIJUCAS - CIDADE  

O que parece um simples problema de pavimentação próximo à igreja Santa Terezinha, na avenida Hercílio Luz de Tijucas, é algo bem mais complexo do que se pode imaginar. Tendo em vista o transtorno que o mesmo tem causado aos motoristas que transitam pelo local, a Administração Municipal de Tijucas faz questão de esclarecer o […]

O que parece um simples problema de pavimentação próximo à igreja Santa Terezinha, na avenida Hercílio Luz de Tijucas, é algo bem mais complexo do que se pode imaginar. Tendo em vista o transtorno que o mesmo tem causado aos motoristas que transitam pelo local, a Administração Municipal de Tijucas faz questão de esclarecer o porquê do problema e de que forma está sendo encaminhada sua solução.

Entenda o problema:

Um grande buraco surgiu na avenida Hercílio Luz e, por mais que pareça algo simples, apenas de pavimentação, o motivo para a abertura no calçamento é resultado de material inadequado utilizado na obra de saneamento básico. Durante a implantação do sistema de tratamento de esgoto, que teve obra entregue em novembro de 2016, foram construídos mais de 600 pontos de visitação do sistema. Eles são implantados para dar acesso às redes de serviços subterrâneos em casos de necessidade de manutenção do sistema.

Vários deles estão começando a apresentar problemas e este, específico da avenida Hercílio Luz, é um deles. Colocado a 2,5 metros de profundidade, o ponto de visitação foi construído com material em PVC quando deveria ter sido feito em concreto a fim de garantir maior durabilidade e resistência à pressão da água. Por ser em material inadequado para o nosso tipo de solo, a tubulação não suporta a pressão e abre vazamentos, gerando assim, buracos no pavimento da superfície onde está localizado.

A solução para o problema está sendo encaminhada pelo Samae de Tijucas que é o órgão responsável pelo sistema de tratamento e distribuição de água e também pelo sistema de tratamento do esgoto.

Segundo o presidente do Samae, Jilson José de Oliveira, para resolver o caso será preciso fazer o rebaixamento do lençol freático, escoramento do local e aí sim, abrir o PV de esgoto para reconstrução da caixa que agora será feita em concreto armado.

“Vamos fazer isso neste ponto e também na rótula da rua 13 de maio onde já está ocorrendo o mesmo problema. E para garantir, vamos começar a recuperar os demais PV’s a fim de evitar que outros pontos da cidade apresentem este transtorno futuramente”, explica.

Para realizar este trabalho o Samae de Tijucas precisou licitar equipe especializada. O processo licitatório já foi deflagrado e o resultado deve sair na próxima terça-feira, dia 10. Com isso, em poucos dias deve ser iniciado o trabalho de recuperação destes locais.

O prefeito de Tijucas, Eloi Mariano Rocha fala sobre o problema. “Ficamos preocupados e até chateados com a condição da avenida naquele ponto, ainda mais nesta época em que coincidiu com eventos importantes realizados na igreja Santa Terezinha, no entanto, tivemos que manter o local como está até que seja feita a licitação e o reparo ideal, com a qualidade necessária para evitar transtornos futuros”, diz.