SUPER FM - A rádio que vive o vale

Colheita da uva tem boa safra em Major Gercino

Juliano César  Juliano César      sexta-feira, 8 fevereiro 2019      EM: RURAL - NOTÍCIAS  

A atual safra da uva será 20% menor do que o ano anterior, em Major Gercino. Mas não se engane, pois trata-se de uma ótima safra. É que a de 2018 foi um recorde, o que chegou a 1.980 toneladas. Nesta atual colheita de 2019, a safra passará um pouco mais de 1.500 toneladas. De […]

A atual safra da uva será 20% menor do que o ano anterior, em Major Gercino. Mas não se engane, pois trata-se de uma ótima safra. É que a de 2018 foi um recorde, o que chegou a 1.980 toneladas.

Nesta atual colheita de 2019, a safra passará um pouco mais de 1.500 toneladas. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, 60% da uva niágara e bordô majorense destina-se a produção de sucos e uvas em Nova Trento.

O secretário Valdecir Marchi revela que o excesso de chuva prejudicou o período da floração do fruto. “Por isso houve essa quebra na safra. Mesmo assim são números positivos. Ano passado é que foi uma safra muito grande”, analisa.

O casal Geraldo Rengel, 59 anos, e Fabiana Lutz, 26, são produtores no distrito do Pinheiral, onde possuem três mil pés. Eles cultivam a bordô e a niágara. É desta produção que tiram o sustento da família, que inclui a pequena Isabelly Fabiani Rengel, sete anos.

Geraldo começou com o cultivo da uva há 24 anos. Na época, ele procurava uma alternativa ao fumo. Mas o começo não foi nada fácil. “Não se tinha comprador. Hoje a maioria da uva de Major vai para Nova Trento. Antes era bem complicado. Se tinha o fruto, mas não se tinha a venda”, lembra.

As dificuldades foram vencidas e, atualmente, Rengel comemora os bons resultados. “Lá no começo, quem foi persistente e seguiu com a uva está contente. Temos boas vendas, o que gera um bom rendimento para nossa família”, finaliza.