SUPER FM - A rádio que vive o vale

Polícia flagra rinha de galo com 12 animais feridos

Redação  Redação      segunda-feira, 10 dezembro 2018      EM: CRIME AMBIENTAL - SEGURANÇA  

Uma rinha de galo foi flagrada pela Polícia Militar e no local encontrados 12 animais feridos. O caso foi registrado na noite de sábado (08) em Tijucas. O proprietário do local foi preso, mas segundo relato dos policiais cerca de 50 apostadores conseguiram fugir. Ao chegar na estrada para entrar no local onde o fato […]

Uma rinha de galo foi flagrada pela Polícia Militar e no local encontrados 12 animais feridos. O caso foi registrado na noite de sábado (08) em Tijucas. O proprietário do local foi preso, mas segundo relato dos policiais cerca de 50 apostadores conseguiram fugir.

Ao chegar na estrada para entrar no local onde o fato estaria ocorrendo, os policiais perceberam diversos homens correndo para o meio da mata fechada carregando diversos galos. Os suspeitos desobedeceram às ordens de parada e seguiram fuga.

Foi solicitado reforço de Canelinha para entrar no local da rinha. Ao chegar no local, não tinha mais nenhum participante presente, somente o proprietário do Galpão onde estaria ocorrendo o “evento”. Ricardo Miranda de Jesus relatou ter vindo de Salvador na Bahia há 3 meses, e alugado o terreno vazio. Ele construiu um Galpão e toda estrutura fotografada para realizar a rinha de galo.

No sábado (08) estaria realizando um evento de rinha de galo para arrecadar dinheiro, desde às 08h. No local tinha aproximadamente 50 pessoas, não sabendo dizer quantos galos haviam antes da chegada da guarnição.

Ricardo disse ainda que no momento em que avistaram a polícia, as pessoas que estavam no local foram avisadas pelos presentes e todas se evadiram levando diversos galos. A guarnição solicitou ao Copom para acionar a Polícia Militar Ambiental, porém a mesma não atendeu a ligação. No local, ainda possuía aproximadamente 12 galos feridos.

O homem vai responder pelo artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais: “Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”.